terça-feira, setembro 24, 2013

Hoje à tarde, irei ao Tomba Records – Estúdio B – para com o Felipe Castro dar continuidade às gravações do disco “Poema Maldito”. Entre outras coisas, hoje dobrarei a voz de “Cavalos”, música que faz parte da narrativa de meu “Cinema Orly”.
As coisas que posso dizer a respeito de meu novo disco – ou as coisas que poderia dizer a respeito de qualquer pedaço de coisa que faço ou, bom leit@r, que eu possa dizer de minha vida inteira - não são mais verdadeiras do que as coisas que a respeito disso possa dizer outra pessoa.
Mas são, das coisas que podem ser ditas, tecidas, inventadas, pra se dizer a respeito delas as mais ajustadas, talvez, por ser eu quem esteja falando. E estou agradecido demais à oportunidade de fazer um disco com o Felipe, através do Leonardo Rivera. E agradecido ao Pedro e tantas outras pessoas amigas na lista de agradecimentos, mas vou ser específico aqui e ser agradecido aos parceiros que entraram na seleção das músicas para o Poema Maldito, que, ainda sem ordem é:
1-     Poema maldito – luís capucho/Tive
2-     Os gatinhos de Pedro – luís capucho
3-     Generosidade – luís capucho
4-     Mais uma canção do sábado – luís capucho/Alexandre Magno Jardim Pimenta
5-     Soneto – luís capucho/Marcelo Diniz
6-     Cavalos – luís capucho
7-     Velha – luís capucho
8-     Formigueiro – luís capucho
9-     Meu bem – luís capucho
10- La nave va – luís capucho/Manel Gomes
11- O Camponês – luís capucho/Marcos Sacramento

 Obs: Alguém sabe do Manel?



2 comentários:

On The Rocks. disse...

Capucho,

Tô curioso pra ouvir as novas canções.

Boa sorte.

Grande abraço,

Buenas.

Luís Capucho disse...

Valeu, Tarcísio...tá ficando bonito!