sábado, junho 09, 2007

Ontem, estive ensaiando Os Gestos das Mulheres com sacramento, minha música com Mathilda. Quando cheguei, pedi um café... para fazer cocô tomando café. Sacramento disse:
- A água ta no fogo, o cocô pode esperar um pouco?
- Pode – e esperei o café ficar pronto.
Fiz, então, meu cocô tomando seu café.
Eu estive imaginando aquele momento desde que havia chegado no centro da cidade, antes mesmo de chegar no ponto do ônibus que sobe o morro de Santa Teresa. Então, meu bom leit@r pode imaginar a delícia com que fiz meu cocô, tomando a delícia do café do Sacramento.
Depois ensaiamos a música.
Durante o tempo em que ficamos passando a música, estava me lembrando de nós dois adolescentes, fazendo aquilo mesmo, eu tocando e ele cantando. Então, me enchi de ternura. Foi rápido. Sacramento é um cantor, se liga...
Tomamos café com pão e leite em sua varanda, olhando a trilha de pássaros que todas as tardes segue para a ilha Cagarras. É um momento lindo de sua varanda, essa hora com a luz do entardecer e a estrada de pássaros brotando no horizonte. Sacramento disse:
- Agora é minha hora de cagar, espere um momento- e foi. O vasculhante do banheiro dá para a varanda. Fica exatamente acima da mesa de café. Fiquei olhando o centrão do Rio, um pedaço de Nikity do outro lado da baía que se vê de sua varanda. Sacramento veio do banheiro. Perguntou, olhando pro vasculhante:
- Meu cocô ta fedendo aqui?
- Está – respondi.
E ele sorriu, como que não acreditasse em minha resposta.
Ehhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!

4 comentários:

andreacarolina221 disse...

oi luis,

eu linkei a sua musica pq ela eh simplesmente linda! sou peruana mas morei até o ano passado em SP, fui pro rio monte de vezes - especialmente santa teresa :) gostei muito das outras musicas no blog, a gente se lê

Andrea
http://www.lacoctelera.com/andrea-alucinando

Welter disse...

Luis,estou rindo muito aqui com o seu texto. Muito bom!
eu tambem reencontrei uma amiga de 20 anos ontem a noite. ficamos bebendo do meio dia ate as 10 horas da noite. Telefonei para o seu marido pois ela nao estava em condicoes de dirigir,eu voltei de trem!
eu entendo exatamente o que voce sentiu como seu amigo. e muito bom,nao?

Círia disse...

Luís,
café com... bobagem? rs
Querido,
infelizmente (muito infelizmente mesmo) só estarei por esses lados a partir de 22 de julho. Tenho que estudar, mano...
Bjs

Juliana disse...

E por absurdo que pareça, são essas pérolas tornam algumas relações especialíssimas! adorei o blog ... Bjos e boa semana...