quinta-feira, abril 04, 2013



O vizinho da casinha de trás está doente e as visitas vêm fazer recomendações.

È sempre muita gente que procura o Pessoal de Trás.

Quando aparecem no portão, assoviam ou gritam, anunciando a chegada.

Horrorizam legal, bom leit@r.

Os Vizinhos de Trás gostam de ouvir funk.

Uma das visitas vem com o próprio rádio.

Acho legal a idéia do funk carioca, mas, eu mesmo, não sou a pessoa ideal para ficar ouvindo aquilo. Quer dizer, silencioso leit@r, o pessoal do funk não ta dizendo aquilo pra mim. Então, não preciso ouvir, ta ligado?

Mas, aí, tenho que ouvir...

O Pessoal de Baixo ouve música nordestina.

Às vezes, é quase como o funk, mas muito, muito mais doce.

Eu, que já disse, sou contemplativo, gosto do silêncio.

Prefiro ouvir o som que eu mesmo faça.

Ou o som que eu procure.

Daí, que é muito ruim morar tão perto e ser invadido pelas músicas que vêm de fora.

Às vezes, ligo o rádinho de mamãe.

Pedro trouxe uma televisão.

2 comentários:

Anônimo disse...

pois, lu ... exatamente o que você dizia (no ônibus) sobre o que é aleatório e o que tem fundamento ... ai, ai, ai! os vizinhos da casinha de trás ...
e cá escrevo eu, quase sem vizinhos,e sem barulhos aleatórios, ouvindo a su"a expressão da boca" (excelente música, aliás ...)
bom festival pra você aí em franca! que seja uma excelente mistura, com doses bem combinadas de aleatoriedade e fundamento.
bjs, joanna

Luís Capucho disse...

obrigado, Joanna. Foi muito legal o Corredor, sim.
um beijo.