sábado, setembro 15, 2007

Na quinta-feira que passou alinhavamos, eu e Luciana, o que será o nosso show nas Casas Casadas. Basicamente será o nosso velho show acrescido de textos do Rato e Cinema Orly, mais uma ou outra música nova.
Decidimos também por nossos convidados: Kali C., Mathilda Kóvak, se estiver no Rio e Xarlô.
Porque temos um show anterior pronto, fomos bastante rápidos para alinhavarmos esse. Assim que estivermos com o bichano melhor aprumado, avisarei ao Bigode, que, como já disse, gostaria de me entrevistar a respeito de meus livros para um piloto de programa GLBT que será apresentado ao Canal Brasil.
O Bigode me disse que uma passeata gay homenageará Laura di Vison, que morreu esse ano e eu, que andei muito pelo Boêmio, na década de 80, onde Laura era mestre de cerimônia, fiquei mais reflexivo...

É o bicho!

2 comentários:

Welter disse...

Nossa,quanto tempo!
A Bohemia nao era um bar-clube na Cinelandia que tinha de subir umas escadas?(perto do consulado Americano). O show do cara,que por sinal era professor municipal do Rio,era aos Domingos.
Luis,quem sabe nos ate nos esbarramos por la nos anos 80,he,he,he

Servio Tulio disse...

Olha só.... a já saudosa Laura. Me lembro quando conheci Laura fora dos domínios do Bohemio... Lá na varandinha do edifício dela. Ela, super caseira nos atendeu de vestido branco esvoaçante acompanhada por duas crianças adoráveis. Na ocasião estavamos convidando a ilustríssima para participar de um show do Saara Saara que por falta de patrocínio e outras coisas acabou não rolando. Mas mesmo assim ela aceitou! Que pena que não rolou!